Tipos de cólicas menstruais e o que elas dizem sobre sua saúde

[ad_1]

Anúncio

Atualizado em: 15 de dezembro de 2022, 20h46 IST

Esses dias do mês seriam um pouco menos incômodos se não fossem as cólicas menstruais sugando toda a sua energia física e mental, já que muitas mulheres sentem dores tremendas nesses dias. Dismenorréia é o termo médico para essa dor. O tipo e o nível de dor que uma pessoa sente durante a menstruação pode variar, mas a maioria das mulheres admite sentir cólicas quando está menstruada. No entanto, diferentes mulheres podem experimentar diferentes tipos de dores menstruais.
O que diferentes tipos de dor menstrual podem indicar sobre sua saúde é uma pergunta importante a ser feita. Vamos entender melhor esse aspecto da menstruação pela lente de um especialista.

Tipos de dores menstruais

Os especialistas dividiram a dor menstrual em dois tipos diferentes:

Anúncio

Dismenorréia primária

Esse tipo é o tipo comum de dor menstrual que geralmente começa na primeira menstruação e continua ao longo dos anos. Sentir essa dor é comum para as mulheres e geralmente não indica nenhuma condição de saúde subjacente. A dor pode variar nesses casos, a dor segue um padrão e começa logo antes ou quando a menstruação começa. Geralmente dura de 1 a 3 dias, mas é mais grave durante o primeiro ou segundo dia do período e ocorre na parte inferior do abdômen. No entanto, também pode afetar a região lombar e as coxas.

cólicas menstruais
Tipos de cólicas menstruais e o que elas dizem sobre sua saúde. Cortesia da imagem: Shutterstock

dismenorreia secundária

Este é um tipo de período de dor que ocorre devido a uma condição de saúde subjacente, incluindo distúrbios reprodutivos, como endometriose, adenomiose, doença inflamatória pélvica ou miomas. Embora a dismenorreia primária possa ser curada ou aliviada por medicamentos sem receita, a dismenorreia secundária exigiria atenção médica para ser tratada. O tratamento envolve o tratamento de condições de saúde subjacentes.

Leia também: Como aliviar as dores menstruais? Siga estes 5 remédios ayurvédicos

Condições de saúde comuns associadas à dismenorreia secundária:

1. Endometriose: É uma condição que afeta o sistema reprodutivo da mulher. Nesses casos, células idênticas às encontradas no revestimento do útero são encontradas em outras partes do corpo.
2. Adenomiose: Nesta condição, as células que normalmente formam um revestimento no interior do útero também crescem na parede muscular do mesmo.
3. Doença inflamatória pélvica: esta condição ocorre quando uma infecção se espalha da vagina para os órgãos reprodutivos superiores e geralmente é causada por infecções sexualmente transmissíveis, como clamídia ou gonorreia.
4. Miomas: São tumores não cancerosos ou nódulos de tecido muscular que crescem nas paredes do útero.

Period tracker English 770x300 1

Como determinar o tipo de dor menstrual e por que é importante?

A dismenorreia primária é mais comum e facilmente tratável do que a dismenorreia secundária. A dismenorreia secundária pode indicar problemas de saúde subjacentes graves. E esse é um dos muitos motivos pelos quais você deve se preocupar e avaliar a dor que está sentindo durante esses dias. Você deve saber quando essa dor é controlável e quando precisa de atenção especial para tratá-la. Aqui estão algumas perguntas importantes que você deve se fazer quando se trata de cólicas menstruais.

cólicas menstruais
O que minhas cólicas menstruais dizem sobre minha saúde. Cortesia da imagem: Shutterstock

Sua dor menstrual se torna um obstáculo na realização de tarefas diárias no trabalho e em casa? Você sente alguma dor ao urinar durante a menstruação? Você está tendo cólicas tão fortes que os métodos de venda livre e os analgésicos não estão funcionando? Você costuma sentir dor na região pélvica mesmo sem menstruação? É extremamente doloroso para você fazer sexo?

Se a resposta for sim para a maioria dessas perguntas, é motivo de preocupação.

Conclusão

Dor, sangramento intenso ou outros fatores relacionados à menstruação podem dificultar suas tarefas diárias. Também podem se tornar mais graves se não forem tratados. Você não deve sofrer em silêncio e deve buscar a ajuda de que precisa. Embora existam muitas formas de manifestação da dor menstrual, é vital aprender o que é típico para você, para que você possa observar quaisquer mudanças incomuns. É uma boa ideia conversar com seu médico para descartar qualquer coisa perigosa se você notar um aumento súbito em seus níveis “normais” de dor menstrual ou se você começar a sentir dor menstrual depois de não sentir nenhuma.

[ad_2]

Source link

Artigo anteriorO QUE É PIS, BOLSA FAMÍFILA E AUXÍLIO BRASIL COMO RECEBER (GUIA COMPLETO)?
Próximo artigo3 melhores exercícios de pular corda e seus benefícios para perda de peso
Diretor de Marketing na empresa Jmsl Marketing, Mora em Nova Iguaçu, Casado, Entrou em Setembro de 2011 para o mundo literário. Formado em letras na UCB no RJ em 2016.